quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Nós vamos salvar o Planeta?

Foi justamente nossa prepotência e arrogância, o nosso egoísmo que nos afastou da natureza e uns dos outros, criando desigualdades humanas e destruição ambiental.
por Frei Pilato Pereira

Ultimamente temos recebido enxurradas de convocações para a questão do meio ambiente e a ecologia. Muitas pessoas e instituições estão tomando a iniciativa de, além de fazer algo pelo Planeta, também convocar a cidadania para as ações ecológicas. Que bom que chegamos neste nível de consciência planetária e ecológica. Podemos dizer que, até que em fim, estamos tomando consciência da problemática ambiental. Estamos nos despertando para a necessidade e importância de agir ecologicamente em favor da vida na Terra. Porém, existe algo um tanto quanto assustador nas chamadas ecológicas. Entre as contradições e armadilhas que podemos cair neste momento, uma delas é a ideia de que somos os salvadores da Terra.

Não são poucas as convocações nestes termos: “Vamos salvar o Planeta”. Mas, será que compete a nós seres humanos a missão de salvar a Terra? Será que temos o poder de salvar o Planeta? Somos realmente os salvadores da Terra? Achar que nós humanos somos os salvadores do Planeta Terra, não seria um pensamento meio prepotente? Pois, foi justamente a nossa prepotência que causou toda esta degradação que hoje estamos vendo, sentindo e sofrendo ao redor da Terra. Até parece que pretendemos usar o mesmo veneno maligno que tanto mal nos causou para, agora, fazer o bem.

Foi justamente nossa prepotência e arrogância, o nosso egoísmo que nos afastou da natureza e uns dos outros, criando desigualdades e destruição. Sentimo-nos donos de tudo o que existe no mundo. E além de ser donos das coisas, transformamos a natureza em propriedade. E aos poucos viemos nos apropriando dos bens naturais de forma completamente desigual. Muitos ficaram sem propriedade e também foram transformados em propriedades, sendo escravizados e oprimidos pelas próprias mãos humanas. Este espírito arrogante e dominador foi o que causou os estragos incalculáveis em nossa casa comum que é o Planeta Terra. Chegamos a um ponto extremo da degradação humana e ambiental. E percebemos claramente que é o mesmo sistema prepotente e dominador, o mesmo modelo de sociedade que causa a fome e a miséria humana, os conflitos e guerras entre pessoas e povos e a destruição do meio ambiente.

Acredito que não é questão de querer, pretender salvar o Planeta, mas permitir que a vida prossiga. Como diz o ditado que “muito ajuda quem pouco atrapalha”. Claro que a espécie humana é muito importante para a vida na Terra. Nossa missão não é apenas não atrapalhar, mas também fazer algo e podemos fazer muito. Porém, é preciso que estejamos desarmados de nossa histórica arrogância e prepotência que tanto mal causa à vida no Planeta Terra.

Precisamos ser colaboradores da natureza que tem em si o poder de regeneração. A nossa colaboração é muito importante e a vida conta conosco. Por isso, vamos à luta! Temos muito a contribuir com a natureza, da qual somos parte.

Um comentário:

Reginaldo Filho disse...

O GoogleEconomico é um site cliente do Google para pesquisas, usando sua base de dados e seu hardware. A tela preta objetiva a economia de energia, calculada pelo Departamento de Energia do Governo Americano em 18 a 88% de economia por monitor (variando de acordo com o modelo e tecnologia empregados na fabricação).

Estima-se que a simples mudança da cor do fundo da página inicial do Google (de branca para preta), acarretaria uma economia de 750 Megawatt-horas por ano. Alem disso, diminuir o excesso de claridade do monitor reduz o reflexo que o monitor produz, evitando a agressão à visão e o consequente aparecimento de cefaléias, dores de cabeça e enxaquecas.

http://www.googleeconomico.com/

Seguidores

Na sua opinião, Ecologia é:

Loading...

Dicas de blogs

Papel de Parede

Lago Sereno Rosa São Miguel das Missões - RS Tranqüilidade