quinta-feira, 23 de abril de 2009

O Dia do Planeta Terra


Em 22 de abril é celebrado o Dia do Planeta Terra. Os habitantes da Terra decidiram que um dos 365 dias em que se vive anualmente no planeta seja dedicado ao próprio planeta. Isso pode ser bom, quando seja um dia de reflexão que nos leve a cuidar do planeta durante todos os dias do ano. Mas, é muito ruim dedicar apenas este único dia para pensar na Terra e esquecer dela durante o resto do ano. Vivemos na Terra, que é a nossa casa comum e de forma coletiva devemos cuidar dela durante todos os dias do ano. Mas o Dia da Terra, 22 de abril, é um dia simbólico em que precisamos parar e pensar seriamente no nosso planeta. O dia 22 de abril representa todos os outros dias do ano que devem ser dedicados ao cuidado do nosso planeta. E mais do que nunca, agora sabemos o quanto merece de cuidados.
A Terra é um grande organismo vivo e por isso é também chamado “GAIA”, nome de uma deusa grega. A vida não está apenas na biosfera do planeta, mas é um todo, um conjunto de vitalidade. No planeta Terra tudo está conectado e trabalhando em favor de todas as formas de vida. A Terra é uma interligação de muitos trilhões de microorganismos vivos. Ela é um grande organismo vivo, regulado pela vida, onde todos os organismos reagem e interagem perante as reações dos demais organismos e tudo concorre para o favorecimento da vida. A Terra é um complexo sistema de vida que quer manter-se vivo.
A história de vida da Terra é marcada por transtornos, crises e assaltos provocados por fenômenos da própria natureza. Mas, o problema é que a presença da espécie humana no planeta fez aumentar os ataques e a sua destruição. É a mão do ser humano que está causando as catástrofes ambientais ao redor da Terra. Hoje reconhecemos que o mesmo modelo de sociedade humana que oprime os mais pobres, também devasta as florestas, polui as águas e extingue uma infinidade de espécies de vida.
Impactos ambientais sempre ocorreram, mas agora acontece algo bem mais grave. O ser humano alterou muito o sistema de vida na Terra, causou enormes e perversas mudanças que afetam todo o organismo do planeta. Chegamos ao ponto de que a nossa civilização, de forma inédita, está diante do perigo de romper com o futuro da vida. Estamos cortando o cordão umbilical da vida que está em contínua gestação. Por isso entrou em nosso vocabulário o termo crise ecológica. E esta realidade de crise, que afeta a vida de toda a humanidade, nos chama a atenção para outra crise, que é a crise do nosso modo de vida. O que está em crise, é a forma de como vivemos em sociedade e como gerimos os recursos naturais, as riquezas da humanidade e o trabalho humano.
Diante da crise temos de pensar num outro caminho possível e fazer algumas correções e transformações. É preciso apostar num novo modo de viver na Terra. Está na hora de fazer opções de mudanças para garantir a vida, como propusera José Lutzenberger: “Ou mudamos nossa filosofia de vida ou de fato extinguiremos toda a vida do planeta”. Talvez, a vida no planeta não se acabe como um todo, mas a espécie humana poderá perecer completamente, porque todo o mal que praticamos a Terra, nos atinge a nós humanos.
Se o dia 22 de abril nos chamou atenção e nos fez pensar na Terra, então vamos cuidar dela durante todo o ano que segue e enquanto estivermos respirando o ar e nos alimentando com o alimento que ela, tão generosamente, nos oferece. A Terra é nossa mãe que nos nutre e nos dá tudo o que precisamos. Mas, como diz São Francisco de Assis, ela também é nossa irmã, que precisa do nosso cuidado.

Nenhum comentário:

Seguidores

Na sua opinião, Ecologia é:

Loading...

Dicas de blogs

Papel de Parede

Lago Sereno Rosa São Miguel das Missões - RS Tranqüilidade