quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Ecoprofetas mobiliza catadores para o Seminário Metropolitano sobre Políticas e Práticas da Gestão de Resíduos Sólidos


A Associação Caminho das Águas, coordenada por Irmão Antônio Cechin, através do Projeto Caminho das Águas – Ecoprofetas, patrocinado pelo Programa PETROBRAS Desenvolvimento & Cidadania está mobilizando catadores para o Seminário Metropolitano sobre Políticas e Práticas da Gestão de Resíduos Sólidos, que acontecerá dia 8 no Unilasalle, em Canoas. O Seminário, promovido pela Fundação La Salle e Tecnosocial do Unilasalle, contará com a participação de catadores de diversas cooperativas e associações e a parceria do projeto Ecoprofetas para mobilizar os trabalhadores dos seus 14 coletivos da região metropolitana de Porto Alegre e Vale do Sinos. 
*Certificado com validade de atividade de extensão, emitido pelo Unilasalle.

Público alvo: Profissionais de organizações públicas ou privadas, entidades sociais, profissionais da área, professores, estudantes e comunidade.
Data: 08 de novembro de 2012
Horário: 09h às 20h
Local: Auditório Arsênio Both do Unilasalle, na Av. Victor Barreto, 2288 - Centro de Canoas, ao lado da Estação Canoas/La Salle do Trensurb. Fone: (51) 3476.8500

Clique AQUI para obter mais informações e fazer a inscrição 

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Semana da Paz 2012 no “Espirito de Assis”


Em Favor da Paz! Contra Mercantilização da Vida
Em 27 de outubro de 1986, 130 responsáveis das principais religiões do mundo se encontraram em Assis/Itália para rezar pela paz e proclamar que a religião nunca deve se tonar motivo de conflito, ódio e violência.
Desde esse dia, a cidade onde nasceu Francisco de Assis, tornou-se para todo o mundo e para todas as religiões um apelo à verdadeira Paz. Bem expressados nas palavras de João Paulo II: “Continuemos a difundir a mensagem da Paz. Continuemos a viver o espirito de Assis”.
Em compromisso com esse “Espirito Profético de Assis” franciscanos e franciscanas procuram atualizar essa proposta de Paz nos dias de hoje nos lugares onde se encontram.
Por isso, convidamos a quem se sente parte da Família Franciscana ou se considera simpatizante do ideal de Francisco de Assis e Clara de Assis a promover ações/ atividades que nos remetam a Justiça Ambiental, em ocasião do dia 27 de Outubro.
O tema da Semana da Paz 2012: Em Favor da Paz! Contra Mercantilização da Vida
Continuando o compromisso que firmamos na Rio+20 com os Franciscan@s do mundo presentes na Conferencia, seguimos com o tema Justiça Ambiental na ocasião da memoria do “Espirito de Assis”
Direitos básicos como saúde, educação, cultura, moradia entre outros, há tempos já não são mais direitos e sim mercadorias. Ter acesso a esses serviços com alguma qualidade significa ter que pagar. O que acaba excluindo grande parte da população.
Nessa semana da Paz queremos chamar a atenção a outros bens, que por direito são públicos, mas que, também já começam a se tornar mercadorias.
Queremos vivenciar uma ação comum e sintonizada, em Favor da Paz e contra todo o processo que mercantiliza a vida no planeta. Convidamos que você, na sua localidade realize alguma ação para lembrar o “Espírito de Assis” e dar visibilidade ao nosso compromisso francisclariano pela construção da fraternidade universal.
Leia mais nos sites do Sinfrajue e Sefras

domingo, 14 de outubro de 2012

19ª Romaria das Águas celebra a dignidade dos catadores


Com a presença de centenas de pessoas reunidas na Usina do Gasômetro, nas margens do Guaíba em Porto Alegre, na tarde do dia 12 de outubro, Irmão Antônio Cechin desembarcou com a imagem de Nossa Senhora Aparecida das Águas, acompanhado de moradores das Ilhas e da Vila Santa Terezinha (dos Papeleiros). Nesta edição a Romaria teve um diferencial que foi uma atividade da Pastoral da Ecologia na Vila Santa Terezinha, conhecida como Vila do Papeleiros, onde residem trabalhadores da reciclagem, catadores que trabalham, alguns em coletivos e individualmente catando resíduos nas ruas de Porto Alegre. 

O fundador da Romaria e da Pastoral da Ecologia e mentor e organizador da Romaria das Águas, Irmão Cechin, sempre costuma dizer que Nossa Senhora Aparecida é a padroeira dos catadores, ela que fez a opção de vir ao encontro dos últimos, e por isso queria fazer da Romaria a celebração do Dia do(a) Catador (a). Neste ano, a 19ª Romara das Águas teve a sua programação normal nas Ilhas e teve também um momento celebrativo na Vila dos Papeleiros, de onde vários catadores partiram em procissão e ingressaram no barco que transportava a imagem da Padroeira.
Irmão Antônio Cechin fez referência ao fato da aparição de Nossa Senhora em Aparecida do Norte, no ano de 1717, quando foi encontrada pelos pescadores e em Porto Alegre a imagem foi encontrada no lixo, num galpão de catadores. "É a mesma mãe Maria que vem quebrada, ao encontro dos últimos. Em 1717, foi em Aparecida do Norte, vem para resgatar a dignidade dos negros e aqui em Porto Alegre, vem ao encontro dos Catadores, resgatar novamente a dignidade de seus filhos e filhas".

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

19º Romaria das Águas


19ª Romaria das Águas acontece nesta sexta-feira, dia 12, em Porto Alegre.
Pela manhã as atividades culturais e religiosas acontecem na comunidade das Ilhas e na Vila dos Papeleiros.
No início da tarde chega no Gasômetro a procissão fluvial com a imagem da Nossa Senhora Aparecida das Águas, onde acontece apresentações artísticas e uma celebração interreligiosa.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Ivo Fiorotti: educador, religioso, militante social.


Por Pilato Pereira*
Na década de 80, Canoas conheceu o Frei Ivo, um frade capuchinho com a simplicidade de São Francisco de Assis, um religioso muito dedicado aos mais pobres, comprometido com a organização do povo nas lutas por moradia, emprego, melhores salários e vida digna. Ivo Fiorotti sempre foi uma pessoa convicta de seu dever histórico e após um período dedicado a vocação religiosa, ao conhecer Ivonete (a Diva), decidiu formar uma família. E juntos, Diva e Ivo, passaram a se dedicar ao trabalho religioso e social. A família Fiorotti, desde o início, foi acolhida pelo povo da Vila União dos Operários, onde muito contribuíram, dando exemplo e testemunho de solidariedade. Todos que conhecem o Ivo sabem que ele é uma pessoa com o dom de dar segurança aos companheiros e companheiras, seja na Igreja, na Associação de Moradores, na Horta Comunitária e na militância política partidária. Com posições equilibras e opiniões sábias, Ivo Fiorotti ajudou o movimento comunitário a se organizar e se fortalecer e sempre foi e continua sendo um líder fundamental na construção do Partido dos Trabalhadores. Nas pastorais sociais, nas comunidades eclesiais de base e nos movimentos populares, o Ivo é uma pessoa que, continuamente, ajuda a refletir e a atualizar a vivência prática do Evangelho de Jesus Cristo.
Assessor parlamentar, professor, gestor público no governo do Estado e vereador, Ivo Fiorotti sempre teve tempo para a família, para a comunidade, aos amigos e vizinhos e para a militância no PT e no movimento comunitário. Muito solícito e atencioso com as pessoas, o Ivo sempre foi procurado para um conselho, uma ideia, a solução de um problema, algumas palavras amigas ou uma boa análise de conjuntura. Enfim, um ser humano extraordinário, com a capacidade de ajudar as pessoas a serem mais humanas e se sentirem com mais dignidade. 
Em 2008 Ivo Fiorotti foi eleito vereador e, após a eleição, reuniu as pessoas que o apoiaram e, de forma participativa, decidiram a missão e as diretrizes do seu mandato, expressas no lema: “Servir a Pessoas e Fortalecer as Organizações Sociais”. O mandato do vereador Ivo Fiorotti procura cotidianamente atender as demandas através das políticas públicas com eficiência e eficácia. É um vereador que estimula o controle social com fiscalização e participação popular. Sua prática é mostrar o caminho para que o cidadão não fique dependente e seja protagonista na conquista de seus direitos. Fiorotti, desde o início, colocou o seu mandato a serviço das pessoas e do fortalecimento das organizações e movimentos populares.
Muito consciente do papel do vereador, Ivo Fiorotti vem trabalhando firme na formulação e proposição de projetos e leis de inclusão. É o autor de 14 leis e 2 decretos legislativos. Entre as diversas leis que apresentou e foram sancionadas pelo prefeito Jairo, se destacam o Programa de Destino de Resíduos Sólidos, a criação do Selo Amigo do Reciclador, a obrigatoriedade na separação do lixo seco e do lixo orgânico, a lei das calçadas ecológicas, o Dia Municipal do Bem-Estar Animal, a Semana da Música, o Dia dos Surdos. E além destes temas importantes, o vereador também foi o autor de diversas leis que denominam logradouros públicos, garantindo endereço e CEP para milhares de famílias. E para fortalecer o movimento comunitário e valorizar suas lideranças, Ivo Fiorotti, através de dois decretos legislativos, criou o “Prêmio Líder Comunitário Clésio Aires de Oliveira”. Por tudo isso, podemos dizer que Ivo Fiorotti cumpre realmente seu papel no Poder Legislativo, é um vereador de verdade. Fiorotti também se destacou como líder do governo Jairo Jorge, solidificando na Câmara de Vereadores uma base parlamentar que deu a necessária sustentação para que o prefeito Jairo Jorge pudesse implementar uma gestão pública que vem mudando a cidade de Canoas. E por todo o apoio e incentivo que deu as associações, escolas, entidades e organizações sociais nas mobilizações para o Orçamento Participativo, Fiorotti é reconhecido como o vereador da participação popular. 
Por isso, votar em Ivo Fiorotti 13114 é votar num vereador de verdade. Um vereador que cumpre seu papel no Legislativo, onde trabalha com a marca de sua trajetória como religioso, educador, militante e reformador social.

*Pilato Pereira é Mestre em Teologia pela PUCRS e autor do livro "O Irmão dos Pobres: Antônio Cechin, uma biografia". Porto Alegre: ESTEF, 2009. 

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Eleição é tempo de escolha.


Colher o trigo é o mesmo que recolher a boa semente que está predominante livre do joio. Mas quando se usa o verbo escolher, em vez de colher, significa fazer a colheita do trigo em meio ao joio. Trata-se de uma colheita custosa e difícil, que deve ser feita com muito zelo e cuidado para que a boa semente seja preservada para seguir seu ciclo produzindo bons frutos para a vida. Assim é a eleição, um ato de escolha, em que vamos aos trigais, não para querer fazer o que já não nos cabe mais, que é separar o joio do trigo, mas para escolher a boa e límpida semente de trigo. Como cristão, levo à sério o que Jesus disse, que não nos cabe separar o joio do trigo. Pois, não podemos interditar a vida do joio, mas na hora da colheita, sim, é preciso joeirar, ou seja, peneirar, escolher o trigo e deixar subjazer o joio. A urna é a peneira e até ela podem chegar sementes de joio e de trigo. O eleitor, por sua vez, com a urna em mãos, entre centenas de possibilidades, fará uma escolha que julga ser a melhor.
O ato de votar no dia da eleição é a confirmação de uma escolha, de uma decisão, que para qual deveria pesar na balança o passado, o presente e o futuro. O eleitor precisa conhecer a história de seu candidato ou candidata e ver se hoje ele ou ela continua coerente com suas convicções e se soube caminhar pra frente, evoluindo na maneira de pensar e agir. É importante relacionar o passado e o presente do (a) candidato (a), bem como o que ele ou ela representa para o futuro da sociedade. Penso também que o eleitor precisa relacionar sua própria história e sua realidade com as do (a) candidato (a) e procurar ver onde os seus sonhos se encontram com os do candidato ou da candidata que quer ajudar a eleger.

Seguidores

Na sua opinião, Ecologia é:

Loading...

Dicas de blogs

Papel de Parede

Lago Sereno Rosa São Miguel das Missões - RS Tranqüilidade