terça-feira, 31 de maio de 2011

Conferência do ‘Ano Internacional das Florestas 2011’ da ONU engloba desenvolvimento sustentável, música, cinema e encontro de blogueiros

O ano de 2011 foi determinado pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o Ano Internacional das Florestas (AIF) e para celebrá-lo, o Instituto Humanitare, entidade ligada à ONU que visa aproximar as Nações Unidas da sociedade civil, realizará nesta sexta-feira, dia 03 de junho, a conferência do ‘Ano Internacional da Floresta’.
O objetivo deste encontro é promover o conhecimento sobre o impacto, preservação, gestão, conservação e desenvolvimento sustentável de todos os tipos de florestas.
A conferência contará com a presença de representantes do governo, empresas, sociedade civil, dirigentes da ONU, jornalistas, blogueiros e artistas.
Para mais informações e inscrições para o evento, acesse: http://www.humanitare.org/florestas

Dia Mundial Sem Tabaco

Manifesto da Pastoral da Ecologia para o Dia Mundial Sem Tabaco

Neste 31 de maio, Dia Mundial Sem Tabaco, a Organização Mundial da Saúde divulgou uma estimativa de que, só este ano de 2011, cerca de seis milhões de pessoas devem morrer por causa do cigarro, incluindo 600 mil não fumantes que serão vítimas da exposição à fumaça.
Neste dia a Pastoral da Ecologia faz um apelo aos fumantes, para que saibam que estão afetando suas próprias vidas e a vida de outras pessoas que não são fumantes, mas são vítimas passivas do cigarro.
Nosso apelo é para que os fumantes deixam de fumar. Mas também queremos fazer um pedido aos não fumantes: Se você não é fumante, nunca queira começar, porque depois é difícil parar de fumar. Saiba que milhões de pessoas são escravas do cigarro, lutam para se liberterem dele e não conseguem. Nossa luta contra o cigarro é também para que os não fumantes não entrem neste mundo de escravidão, que é o vício do cigarro, assim como outros vícios.
Também queremos fazer um apelo sincero aos plantadores de tabaco. A renda dos plantadores de fumo e o lucro da industria e do comércio de cigarro custa a vida de milhões de seres humanos. Além do mal causado pelo cigarro na vida das pessoas, o cultivo do tabaco nos dias de hoje está sendo praticado num sistema de envenenamento do solo e das águas.
Neste dia, quem tem a conciência acesa, apaga ou não acende cigarro. Preserve sua vida e a de quem está em sua volta.

Pastoral da Ecologia RS

The Ecologist Brasil - 2011

Foi lançada no último sábado, 27, a edição outrono 2011 da revista The Ecologist, que traz, entre outros destaques, a discussão sobre formas de energia limpa e como o aproveitamento da energia solar está tendo um rápido avanço em muitos países africanos, onde as mulheres estão na liderança; o desmatamento como causa dos eventos extremos do clima, a importância de se preservar as florestas e críticas em relação ao crescimento da cultura transgênica no mundo.
De acordo com as editoras gaúchas Vanéte Farias Lopes e Rejane Maria Ludwig, “a Ecologist hoje é uma rede de mídia independente, com edições na Inglaterra(desde 1969), França, Espanha, Índia, Nova Zelândia, Itália, Colômbia, Grécia, Líbano e Brasil (desde 1999)”
As pessoas interessadas em receber a edição atual da revista Ecologist Brasil pelos correios devem fazer contato com as editoras pelo e-mail theecologist@terra.com.br. O custo de cada exemplar da Ecologist é de R$ 10,00.
Fonte: EcoAgência


sexta-feira, 27 de maio de 2011

Latifundiários, ruralistas, madeireiros e seus pistoleiros contra a vida

Vinte dias antes de serem mortos a tiros, os líderes extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo tinham enviado um documento ao Ministério Público Federal de Marabá denunciando o envolvimento de três madeireiras da região de Nova Ipixuna, no Pará, em crimes ambientais. O casal foi assassinado a tiros no interior do Assentamento Extrativista, Praia Alta Piranheira, no município de Nova Ipixuna, sudeste do Pará, no último dia 24 de maio. Segundo informações da Comissão Pastoral da Terra (CPT) de Marabá (PA), José Cláudio e Maria do Espírito Santo se dirigiam de moto para a sede do município, localizada a 45 km. Conforme diz a nota da CPT. “ao passarem por uma ponte, foram alvejados com vários tiros de escopeta e revólver calibre 38, disparados por dois pistoleiros que se encontravam de tocaia dentro do mato na cabeceira da ponte. Os dois ambientalistas morreram no local. Os pistoleiros cortaram uma das orelhas de José Cláudio e levaram como prova do crime”.
Isto é uma barbaridade praticada por quem só pensa no dinheiro e não dá valor a vida das pessoas e do meio ambiente. E o pior é que os mandantes do crime tem muitos e bons pistoleiros para atacar a vida. Sabemos que José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo foram assassinados por pistoleiros de madeireiras. Mas, é uma cadeia de exploração, ambição, violência e morte, onde se integram latifundiários, ruralistas e madeireiros, com seus hábeis pistoleiros, que também usam armas sofisticadas para destruir vidas. Por triste e irônica coincidência, no mesmo dia em que os pistoleiros agiram na base, assassinando militantes socioambinetais extrativistas, outros pistoleiros, outrora chamados de picaretas, também atuaram contra a vida no Congresso Nacional. Em Brasília na Câmara Federal, os deputados pistoleiros, a mando de latifundiários, ruralistas e madeireiros atiram fogo contra o Código Florestal, tentando assassinar o meio ambiente e a lei que o protege.
Temos uma prova concreta de que existe uma íntima relação entre os pistoleiros do Pará e os de Brasília. No momento em que foi dado a notícia do assassinato de José Cláudio e Maria do Espírito Santo, defensores do meio ambiente, os pistoleiros de plantão em Brasília, para detonar o Código Florestal, simplesmente entonaram uma vaia, como se o acontecido e as vítimas fossem insignificantes. Talvez os pistoleiros do Pará sejam presos, mas os mandantes do crime, infelizmente, poderão ficar livres para continuarem suas atrocidades. E os pistoleiros de Brasília, com seus colarinhos brancos e mãos limpas, como as de Pôncio Pilatos, naturalmente ficarão protegidos pelo verde das notas de dólar e pelas onças das notas de real. No entanto, temos a chance de puní-los pelo nosso voto. Oxalá Brasil.

Pilato Pereira - Pastoral da Ecologia RS
pilatopereira@gmail.com
www.olharecologico.blogspot.com

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Convocatória Ecuménica Internacional por la Paz (CEIP)

La CEIP tiene como objetivo dar testimonio de la Paz de Dios como don y responsabilidad de la oikoumene. Se trata de evaluar y fortalecer la posición de las iglesias en relación con la paz, de promover la creación de redes de contacto y de ahondar en nuestro compromiso común en favor de la paz y la reconciliación.
Objetivos: afirmar las cuestiones en que se puede convenir; identificar los temas que requieren más debate; recomendar ejemplos fructíferos e iniciativas prometedoras; iniciar servicios prácticos para grupos comprometidos.

Domingo Mundial por la Paz

El domingo, 22 de mayo de 2011, en un acontecimiento mundial, las iglesias de todos los rincones del mundo están invitadas a celebrar el don de la paz que nos da Dios. Unaoración por la paz, escrita por los anfitriones caribeños de la CEIP, ha sido traducida a muchos idiomas.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Convite: Reunião da Pastoral da Ecologia

Prezado/a Companheiro/a
Paz e Bem!
Convidamos para reunião da Pastoral da Ecologia, a realizar-se no próximo sábado, dia 14 de maio, às 9 horas, na sede da CNBB, Av. Cristóvão Colombo, 149 - Porto Alegre.
Depois de algumas ações realizadas ao longo desses primeiros meses, é o momento de pensarmos nas atividades do restante do ano. Temos pela frente a organização da próxima edição da bicicletada Caminhos de Sepé, da Romaria das Águas e do trabalho cotidiano com os catadores. Vale lembrar que a Pastoral da Ecologia começou pelo trabalho do Irmão Antônio e a Matilde com os catadores. E temos hoje a missão de fazer valer a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Além do chamado para a reunião, pedimos sua colaboração também para lembrar e convidar outros companheiros/as da Pastoral da Ecologia, Caminho das Águas, Ecoprofetas.
Desde já agradecemos sua atenção e presença. E propomos almoço (lanche) ecologicamente partilhado. No início da reunião, combinaremos o horário de término, podendo ser concluída ao meio dia ou seguir na parte da tarde.
Com um abraço fraterno,
Coordenação da Pastoral da Ecologia

segunda-feira, 9 de maio de 2011

''O novo Código Florestal está querendo anistiar crimes ambientais''. Entrevista especial com Francisco Milanez

Não sendo o centro do mundo, o homem, defende Francisco Milanez, não pode criar propostas como esta do novo Código Florestal. Em entrevista à IHU On-Line, realizada por telefone, o ambientalista diz que essa proposta diminuirá as áreas de proteção e as reservas legais. “Nós estamos colocando em risco biomas e perdendo espécies que ainda nem conhecemos”, apontou.
Francisco afirma que os desastres naturais recentes se devem às intervenções irresponsáveis do homem. “Seria muito ruim para um país que sempre se orgulhou de não ter essas destruições naturais que conseguíssemos, através da nossa burrice, começar a construir esse tipo de perda”, descreveu.
Francisco Milanez é educador ambiental, arquiteto, biólogo e membro da Associação Gaúcha de Proteção ao Ambiente Natural – Agapan e da Fundação para o Desenvolvimento Ecologicamente Sustentado – Ecofund.
Confira a entrevista no site do IHU Unisinos.

Boaventura de Sousa Santos na Assembléia Legislativa

O sociólogo português Boaventura de Sousa Santos está em Porto Alegre para participar, nesta segunda-feira (9), às 19h, no Plenário da Assembleia Legislativa (ALRS), do Programa Destinos e Ações para o Rio Grande, quando abordará, dentro dos Eventos Estratégicos, o tema Intolerância: Violência e Desagregação Social. Casos como o dos ciclistas atropelados em Porto Alegre (25/2), a chacina ocorrida na escola do Realengo, no Rio de Janeiro (7/4) e o assassinato de Osama Bin Laden (1º/5) por tropas dos Estados Unidos, em ação no Paquistão, sem o conhecimento do governo daquele país, deverão ser contemplados durante o debate.
Boaventura, que chegou à capital gaúcha na última sexta-feira, sendo recepcionado pelo presidente da ALRS, deputado Adão Villaverde (PT), tem trabalhos publicados nas àreas de sociologia do direito, epistemologia, democracia, direitos humanos e globalização, entre outros.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

O Impasse Ecológico

Indico a leitura de "O Impasse Ecológico", no blog Novos fatos novas ideias, por Francisco Barreira, Jornalista. Economia, sociologia e meio ambiente. Foi correspondente da Folha de SP em Buenos Aires. Autor do livro O Impasse Ecológico.
Eis o link:

Seguidores

Na sua opinião, Ecologia é:

Loading...

Dicas de blogs

Papel de Parede

Lago Sereno Rosa São Miguel das Missões - RS Tranqüilidade